Logotipo Original Sunne
Lado inferior da imagem é constituído por água em movimento, no meio existe uma estrutura de represa hidrelétrica e na parte superior tem um céu azul e muitas nuvens para exemplificar o conteúdo de sobre os impactos da energia hidrelétrica: uma visão geral da energia renovável mais usada no mundo

Impactos da energia hidrelétrica: a energia renovável mais usada

Se você está procurando uma fonte de energia renovável, é difícil ignorar a energia hidrelétrica. Até porque ela é uma das formas mais antigas e confiáveis de energia limpa disponível, e é capaz de gerar eletricidade a partir de uma fonte totalmente renovável: água em movimento.

Como a energia hidrelétrica é gerada através do movimento da água, é necessário construir grandes usinas e barragens, mas os impactos da energia hidrelétrica podem perturbar o meio ambiente e as comunidades locais. No entanto, muitas vezes o seu potencial como fonte de energia limpa e renovável é visto como uma vantagem que supera esses impactos.

Por isso, neste artigo vamos explorar energia hidrelétrica com mais detalhes, discutindo como ela é gerada, quem são os maiores produtos de energia hidrelétrica do mundo e seus impactos sociais e ambientais.

Então, vamos mergulhar para descobrir por que essa fonte de energia é tão importante para nossa sociedade há mais de um século!

O que é energia hidrelétrica?

A energia hidrelétrica é gerada a partir do movimento das águas e é a principal fonte de energia elétrica do Brasil. Isso porque temos em nosso território uma rede densa de drenagem e presença de rios planálticos.

Mas, o que de fato é energia hidrelétrica? Bem, a hidreletricidade, como também é conhecida, é a eletricidade gerada pela força das águas. No interior das usinas hidrelétricas, acontece o processo de transformação da energia potencial da água em energia cinética e, logo após, em elétrica.

Devido ao seu potencial, até 2001 a energia hidrelétrica era a principal fonte de energia usada no Brasil, porém o cenário mudou.

Mas, em 2001 vivíamos uma das maiores crises hídricas que o país já havia enfrentado, então o governo federal interrompeu o fornecimento de energia, conhecido hoje como apagão de 2001, para evitar o colapso do sistema elétrico.

Na época, famílias e comércios tomaram algumas ações visando economizar energia, ruas ficaram parcialmente sem iluminação pública, proibição de shows e partidas de futebol.

Nessa época o Brasil era extremamente dependente da energia hidrelétrica, parece até ironia do destino, já que somos um dos maiores produtores de energia hidrelétrica no mundo. Porém, após esse episódio, o país começou a diversificar sua matriz energética. Hoje contamos com a energia hidrelétrica (77%), seguida das usinas eólicas (12%), solar (3%) e biomassa (2%), segundo o CCEE. 

Como é gerada a energia hidrelétrica?

Sabia que o Brasil possui hoje um dos maiores parques de geração de energia hidrelétrica do mundo e ainda consegue ter a maior reserva hídrica? Então, não é de se estranhar que o país seja um dos maiores produtores de energia hidrelétrica.

Como a energia hidrelétrica é gerada a partir da energia cinética da água em movimento, convertida em energia elétrica. O processo de geração de energia começa na construção de uma barragem ou represa em um rio, ou em um curso d’água.

A barragem ou represa é feita para controlar o fluxo de água, armazenando essa atrás da área da barragem, ou seja, impedida de fluir.

Quando essa água é liberada da barragem, ela passa pelas turbinas hidráulicas, instaladas em um canal de desvio permitindo que a água flua em uma corrente controlada pelas turbinas. Essa água movimenta as turbinas e em seguida movimenta os geradores produzindo energia elétrica.

Mas, é necessário lembrar que a quantidade de energia gerada pela usina hidrelétrica depende de vários fatores, como:

  • Quantidade de água que flui pelas turbinas;
  • Altura da queda da água;
  • Eficiência do sistema de geração de energia.

A energia elétrica gerada nessas usinas vai para uma subestação elétrica de distribuição e para o consumidor final, no caso, você.

Quem são os maiores geradores de energia hidrelétrica no mundo

China

A China é um dos maiores produtores de energia hidrelétrica do mundo, com uma capacidade instalada de mais de 356 GW em 2021. O Brasil ocupa o segundo lugar, com uma capacidade instalada de mais de 109 GW em 2021. O Canadá ocupa o terceiro lugar, com uma capacidade instalada de mais de 82 GW em 2021.

Até o final de 2021 a China tinha uma capacidade de energia hidrelétrica instalada de 391 GW, o que representa 16% da capacidade instalada na China e 16% de sua geração de energia em 1.339TWh. Segundo o International Hydropower Association, a China sozinha foi o maior produtor mundial de hidroeletricidade em 2021, com capacidade instalada de 352 GW em 2018.

Brasil

O Brasil ocupa o segundo lugar dos maiores produtores de energia hidrelétrica do mundo em capacidade instalada e com capacidade instalada acumulada de 109.670MW em 2021, crescendo a um CAGR de 2,2% durante 2017 a 2021. 

Então, você se pergunta: o que é energia hidrelétrica e como ela consegue dominar a geração de energia no Brasil? Pois bem, em 2020 essa energia respondeu por 62,17% da capacidade total da geração elétrica instalada de 174.413 MW.

Inclusive, o Brasil possui um grande potencial hidrelétrico de 101.268.561 kW, o que corresponde a 60,9% da capacidade instalada total no país. E em 2021, 84% da capacidade instalada total do Brasil de 181,6 GW foi de fontes renováveis, sendo a maior hidrelétrica.

Canadá

O país vizinho aos Estados Unidos conseguiu se tornar o terceiro maior gerador de energia hidrelétrica do mundo com 81 GW de capacidade instalada em 2019, onde produziu cerca de 400 TWh de eletricidade. 

A posição não é à toa, já que Canadá vem construindo seus recursos hídricos há mais de 140 anos a fim de produzir energia limpa, sustentável e acessível, sem correr riscos de lidar com os impactos da energia hidrelétrica.

Todas as barragens com grandes reservatórios foram concluídas antes de 1990, desde então a maioria do desenvolvimento foi a fio d’água, tanto grandes quanto pequenas.

Em 2019, a produção hidrelétrica do Canadá foi de quase 380 terawatts-hora de energia, tornando-se o quarto maior produtor hidrelétrico do mundo.

Os impactos da energia hidrelétrica para o meio ambiente e sociais

Embora a energia hidrelétrica seja uma fonte de energia limpa e renovável, a construção de barragens, represas e usinas pode causar impactos ambientais e sociais significativos. Alguns impactos da energia hidrelétrica podem ser:

Perda de habitat e biodiversidade

Essas construções que agem barrando o fluxo da água podem inundar grandes áreas de terras e destruir habitats inteiros, ameaçando espécies de animais e vegetais. 

Deslocamento de comunidades

Um dos impactos da energia hidrelétrica é o risco de inundar toda uma área, é necessário deslocar comunidades inteiras, muitas vezes, sem oferecer compensação adequada, causando conflitos sociais e culturais.

Alterações do fluxo da água

A construção de estruturas que barram o percurso natural da água, altera o regime natural de cheias e vazantes.

Erosão do solo e assoreamento

A represa da água pode aumentar a erosão do solo, já que água não flui mais naturalmente e perde a capacidade de transportar sedimentos, sendo um dos impactos da energia hidrelétrica bem preocupantes. 

Pois, isso além de afetar a fauna local e a condição do solo, ainda afeta a qualidade do rio e a capacidade dos rios de suportar vida selvagem.

Continuar com o velho ou apostar no futuro?

Embora a energia hidrelétrica seja uma fonte renovável, os impactos da energia hidrelétrica é algo real e deve ser pensado. O relatório da ANEEL, inclusive, aponta que sua participação está ficando cada vez menor em nossa matriz energética.

No entanto, em comparação com outras fontes de energia renováveis como a solar e a eólica e os impactos da energia hidrelétrica, as duas primeiras fontes de energia demonstram menor impacto socioambiental.

E agora nós perguntamos a você, o que quer? Permanecer no passado ou apostar no futuro da energia limpa no Brasil, a solução de aluguel de energia solar que a Sunne pode oferecer a você, basta visitar nosso site e simular a economia que irá fazer na sua conta de energia!

Faça como a Mob que já economizou R$303,747 em 26 meses apenas usando energia solar por assinatura! Entre em contato e cuidamos do resto