Logotipo Original Sunne
Vista ângulo abaixo de poste de luz para Dicas para fazer a migração para mercado livre de energia

Veja 9 dicas para fazer sua migração para o mercado livre de energia

Sabe o que é, mas ainda não sabe como fazer a migração para mercado livre de energia? O Ambiente de Contratação Livre (ACL), ou apenas mercado livre de energia como também é chamado, digamos que é mais democrático do que o mercado cativo, onde a maioria dos consumidores está hoje.

A verdade é que o mercado livre de energia é um ambiente onde empresas podem negociar as melhores condições de compra de energia elétrica e, assim, possam ter as melhores condições de compra de energia e ainda terem mais economia na conta de luz de seus negócios.

Com a abertura parcial do mercado livre em janeiro de 2024, pequenos consumidores já são 72% da migração recorde ao ambiente de contratação livre no primeiro trimestre de 2024, de acordo com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE).

Então, quer pegar algumas dicas importantes para fazer a sua migração para o mercado livre de energia? Continue lendo o conteúdo que a Sunne preparou para você e saiba tudo que você precisa para entrar nesse setor!

Abertura do mercado livre de energia

Em janeiro de 2024, por meio da Portaria Normativa n.º 50, publicado pelo Ministério de Minas e Energia (MME), todos os consumidores de energia de alta e média tensão conseguiriam fazer a migração para mercado livre de energia, ou seja, aqueles consumidores do Grupo A.

Diferente do ano anterior, a entrada para o Ambiente de Contratação Livre (ACL) só era possível para consumidores com demanda de energia superior a 500 kW, já com a abertura do mercado livre de energia para todos os consumidores do Grupo A, com demanda a partir de 300kW, já poderiam fazer a migração para mercado livre de energia.

Além disso, havia uma expectativa de cerca de 200 mil consumidores entrando nesse mercado em 2024.

Além da modalidade tradicional da comercialização de energia, onde o consumidor contrata um valor fixo de energia, com a abertura criou-se uma nova modalidade chamada de modalidade especial, onde o consumidor pode contratar energia de fontes renováveis.

O período de migração para o mercado livre de energia agora é apenas de 30 dias, diferente de antes do processo de abertura, que poderia demorar cerca de 90 dias, se todos os processos estivessem de acordo.

Com a abertura e o incentivo para que consumidores façam sua migração para o mercado livre de energia, espera-se um aumento de competitividade na comercialização de energia, já que mais consumidores significam mais ofertas de preços.

Dicas para fazer a migração para mercado livre de energia

A migração para mercado livre de energia se apresenta como um mar de oportunidades para consumidores residenciais e comerciais, abrindo portas para tarifas mais vantajosas e um consumo mais consciente. 

Mas, antes de zarpar nessa jornada, é crucial se munir do conhecimento e das ferramentas adequadas para garantir uma migração para mercado livre de energia de forma tranquila e segura e tirar o máximo proveito da comercialização de energia.

1. Avalie seu perfil de consumo

Mergulhe em seus dados de consumo dos últimos 12 meses. Compreenda seus hábitos, identifique picos e sazonalidades. 

Essa análise aprofundada servirá como bússola para direcioná-lo para o plano ideal durante a migração para o mercado livre de energia.

2. Encontre o parceiro ideal

Ao fazer a migração para mercado livre de energia você assume o papel de capitão do seu navio energético ao mesmo tempo que diversas comercializadoras licenciadas te esperam para te guiar nessa travessia.

Busque empresas com boa reputação, histórico de sucesso e transparência nas tarifas e condições contratuais.

3. Navegue pelos tipos de tarifas

As tarifas do mercado livre de energia são mais dinâmicas que as do mercado regulado, oferecendo opções sob medida para cada perfil de consumo para quem faz a migração para o mercado livre de energia.

Aproveite para explorar as modalidades tarifárias: tarifas fixas, ideais para quem busca previsibilidade; tarifas indexadas, que acompanham oscilações do mercado; e tarifas verdes, para quem navega com consciência ambiental, optando por energia renovável.

4. Desvende os mistérios da migração

A migração para o mercado livre de energia é um processo burocrático, mas com o parceiro certo ao seu lado, essa etapa se torna mais tranquila. 

A comercializadora de sua escolha cuidará da maior parte do processo, desde a rescisão do contrato com a distribuidora até a inscrição na Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE) para que a comercialização de energia ocorra da melhor forma.

5. Fique atento aos prazos

A migração para mercado livre de energia não é uma decisão impulsiva. É fundamental ter em mente os prazos de rescisão do contrato com a distribuidora, que podem variar de acordo com o tipo de consumo. Planeje sua migração para o mercado livre de energia com antecedência para evitar surpresas desagradáveis.

6. Desmistifique os custos da migração

A migração para o mercado livre de energia pode gerar alguns custos, como taxa de abertura de conta na CCEE e eventuais adequações no sistema de medição. 

Converse abertamente com a comercializadora de sua escolha para esclarecer todos os custos envolvidos e evitar surpresas no orçamento.

7. Monitore seu consumo

Mesmo após a migração para mercado livre de energia, o monitoramento do consumo é crucial para garantir que você esteja aproveitando ao máximo as vantagens do mercado livre de energia. 

Utilize ferramentas online disponibilizadas pelas comercializadoras para acompanhar seu consumo em tempo real e identificar oportunidades de economia.

8. Mantenha-se atualizado

O mercado livre de energia é um ambiente em constante evolução. Acompanhe as novidades do setor, as tendências de preços e as mudanças nas regulamentações para tomar decisões conscientes e assertivas sobre seu consumo de energia.

9. Navegue com segurança

Lembre-se que, no mercado livre de energia, você tem o poder de escolher. Não hesite em buscar informações, comparar ofertas e negociar com diferentes comercializadoras para encontrar a opção que melhor atenda às suas necessidades e expectativas.

Ao migrar para o mercado livre de energia, você assume o controle do seu consumo de energia, abrindo portas para tarifas mais vantajosas, um consumo mais consciente e um futuro mais sustentável.

Desafios da migração para o mercado livre

A abertura do mercado livre de energia no Brasil, iniciada em 2012, prometia um futuro de maior liberdade de escolha e economia para os consumidores. 

Mas, como toda grande transformação, essa jornada também apresenta seus desafios, exigindo planejamento e conhecimento para garantir uma migração tranquila e vantajosa.

Diferentemente do sistema tradicional, onde a energia era fornecida por uma única empresa, o mercado livre oferece uma gama de opções, desde grandes geradoras até pequenas comercializadoras, cada uma com seus próprios planos, preços e condições contratuais.

Essa multiplicidade de opções, por um lado, abre um leque de oportunidades para o consumidor, mas por outro, torna a escolha mais desafiadora.

Para auxiliar nessa jornada, surgem os consultores especializados em migração para mercado livre de energia.

Profissionais experientes que podem analisar o perfil de consumo do cliente, suas necessidades e expectativas, e indicar a melhor opção de fornecedor e plano de acordo com cada caso.

Outro desafio importante a ser considerado é a desigualdade de acesso à informação, uma vez que nem todos os consumidores possuem o conhecimento necessário para navegar pelas complexas tarifas, contratos e especificidades do mercado livre. 

Essa falta de informação pode levar a decisões precipitadas, com o cliente optando por um plano que não atenda às suas reais necessidades ou, pior, o exponha a riscos desnecessários.

Para minimizar esse problema, é fundamental que as empresas comercializadoras e órgãos reguladores invistam em campanhas educativas, disponibilizando informações claras, precisas e acessíveis sobre o mercado livre de energia.

Isso inclui a criação de materiais informativos, workshops, canais de atendimento especializados e portais online com conteúdo de qualidade.

Outro ponto crucial é a garantia da segurança jurídica e da confiabilidade do sistema. O mercado livre de energia, ainda em fase de consolidação, precisa de um marco regulatório robusto e eficiente, capaz de proteger os direitos dos consumidores e garantir a lisura das transações.

Isso significa ter regras claras para a atuação das empresas, mecanismos de fiscalização eficazes e canais de resolução de conflitos ágeis e transparentes.

A migração para mercado livre de energia é um processo complexo, mas com planejamento, conhecimento e apoio profissional, os desafios podem ser superados. 

Ao se aventurar nesse novo mercado, o consumidor deve estar munido de informação, ponderar cuidadosamente suas necessidades e tomar decisões conscientes, buscando sempre a opção que melhor atenda aos seus interesses.

É importante ressaltar que a migração para mercado livre de energia não é uma corrida, mas sim uma maratona. É preciso ter paciência, persistência e buscar sempre o apoio de profissionais qualificados para que essa jornada seja um sucesso.

Dê o primeiro passo para a liberdade energética!

Com as dicas acima sobre o mercado livre e comercialização de energia, você está pronto para iniciar sua jornada de migração para mercado livre de energia. Mas lembre-se: essa jornada não precisa ser solitária!

A Sunne te acompanha em cada etapa, desde a escolha da comercializadora varejista ideal até a efetivação da troca. Somos especialistas no mercado de energia e estamos aqui para te ajudar a conquistar:

  • Economia na conta de luz;
  • Mais opções de escolha;
  • Consciência ambiental.

Não perca tempo! Acesse nosso site ou acesse o banner abaixo, adicione todas as informações necessárias e aguarde o contato de um dos nossos especialistas em energia e dê o primeiro passo para uma conta de luz mais econômica e sustentável!

Sunne: Seu parceiro de confiança na migração para o mercado livre de energia.

Banner para incentivar a preservação do meio ambienta enquanto usa energia livre

A primeira Inteligência Artificial do setor de energia!

Descubra em primeira mão como essa plataforma irá revolucionar o setor e os seus resultados.