Logotipo Original Sunne
Imagem de solo seco e rachado, ao longo da imagem tem alguns matos seco e, ao lado esquerdo da imagem, tem uma árvore cheia de galhos secos para exemplificar sobre as mudanças climáticas causadas pela o efeito estufa e exemplificar o que é o efeito estufa

Entenda o que é o efeito estufa e quais seus impactos na sua vida 

Nos últimos tempos, você deve ter lido, assistido ou ouvido informações que falam sobre o que é o efeito estufa e as causas dele. Mas, e se disséssemos que o efeito estufa é uma ação natural que acontece no nosso planeta, você acreditaria?

Desde que o mundo é mundo e os seres humanos evoluem, a natureza foi e continua sendo um lar, provendo um ambiente ideal para a sobrevivência dos humanos. Entretanto, à medida que avançamos, mais necessário se torna saber o que é o efeito estufa.

Afinal, com o avanço da humanidade e a evolução dos seres humanos, algo que é natural, passou a ser um fenômeno digno de preocupações, que vem ocupando noticiários e mobilizando formas de remediar.

Por isso, nesse artigo vamos abordar e explorar o que é o efeito estufa, suas causas, o que são mudanças climáticas, quem piora o efeito estufa e quais são as implicações para o nosso planeta. Então, continue lendo!

O que é o efeito estufa?

Por mais boba que possa parecer, imagine uma estufa, sim, aquela onde várias plantas são cultivadas. Nesse ambiente controlado, protegidas de todas as formas de desafios que elas teriam que enfrentar normalmente se estivessem na natureza. 

Agora, você pode pensar no planeta Terra como uma gigantesca estufa e dentro existem gases capazes de reter o calor do Sol que formam uma barreira muito parecida com o vidro da estufa da nossa analogia acima. 

Então, o que é o efeito estufa? Nada mais é que um fenômeno natural que acontece na atmosfera da Terra; porém, um fenômeno natural e protetor, se tornou uma possível calamidade para as futuras e atuais gerações.

Atingimos esse ponto com a intensificação da emissão dos gases através da queima de combustíveis fósseis, base da industrialização e das atividades humanas comuns, aparentemente quem piora o efeito estufa

Assim como queimar as florestas para abrir espaços para a criação de gado, agricultura ou pastagem de gado, são uma das causas do efeito estufa.

Quais são as causas do efeito estufa?

Com desmatamento, queimadas, atividades industriais e agrícolas desenfreadas e ininterruptas, seria muita ingenuidade achar que o efeito estufa, algo que é completamente natural, não se “voltaria contra a humanidade”.

Em um período de duas décadas, o Brasil conseguiu ter a segunda maior emissão de gases de efeito estufa em 2021, segundo relatório divulgado pelo Observatório do Clima, do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam).

A aceleração do efeito estufa é um sinal claro da alta concentração de gases na atmosfera, principalmente, ligadas às atividades humanas, desmatamento e o uso de transportes sendo os principais responsáveis pela emissão desses gases.

Portanto, é importante conhecer as causas do efeito estufa, pois não para por aí. Além do que falamos acima, a queima de combustíveis fósseis é uma das atividades que mais produzem gases de efeito estufa.

Inclusive, é a alta concentração desses gases na atmosfera que impede que o calor seja irradiado, aquecendo ainda mais a superfície da Terra, desencadeando o aumento das temperaturas e gerando, o que conhecemos, aquecimento global.

Por isso que compreender as causas do efeito estufa é essencial para podermos buscar soluções e adotar práticas e tendências mais sustentáveis em nosso dia a dia.

O que são as mudanças climáticas?

O que são mudanças climáticas se não a consequência das mudanças climáticas que causam alterações a longo prazo nos padrões de temperatura e clima. Lembra quando falamos sobre o que é o efeito estufa?

Pois bem, essas alterações são causadas justamente pela emissão dos gases do efeito estufa. Os gases mais comuns são o dióxido de carbono, vindo das atividades humanas, quem piora o efeito estufa, como a queima de combustíveis fósseis e desmatamento.

Como esses gases ficam ali presos na atmosfera do planeta, acaba formando um cobertor que retém o calor do Sol e causa esse aquecimento. Inclusive, um estudo climático da Organização Meteorológica Mundial (OMM), apontou que nos próximos cinco anos, a temperatura do planeta pode ultrapassar de 1,5°C. No estudo também é revelado que entre os anos de 2022 e 2026 podem ser os mais quentes.

Então, você pode se questionar o que são mudanças climáticas, de fato. Portanto, para deixar mais claro o que são, confira a lista abaixo:

  • Aumento da temperatura;
  • Eventos climáticos extremos (tempestades forte e secas mais longas);
  • Elevação do nível do mar devido ao descongelamento das calotas polares;
  • Alteração nos padrões das chuvas.

As mudanças climáticas têm consequências negativas para o meio ambiente, a economia e a saúde humana. Elas afetam a biodiversidade, causam perda de habitats e podem ameaçar comunidades costeiras. 

Além disso, têm impacto na produção de alimentos, na disponibilidade de água e aumentam o risco de desastres naturais. Para combater as mudanças climáticas, é importante tomar medidas para reduzir as emissões de gases de efeito estufa, como o uso de energias limpas e a preservação de florestas. 

Algumas ações práticas que podem ser tomadas incluem: 

  • Disseminar informações;
  • Fazer pressão política;
  • Mudar o meio de transporte;
  • Controlar o consumo de energia;
  • Combater o desperdício;
  • Reduzir o uso de carro;
  • Realizar a separação do lixo;
  • Evitar o uso de canudos e copos descartáveis;
  • Economizar luz e manter os combustíveis fósseis no solo;
  • Reduzir as emissões de metano;
  • Mudar para energia renovável, como o aluguel de energia solar, e abandonar a gasolina e o diesel. 

Principais gases do efeito estufa

Agora que já sabemos o que é o efeito estufa e o que são mudanças climáticas, podemos prosseguir conhecermos mais os gases do efeito estufa.

Afinal, são eles que interagem com a radiação solar, contribuindo para o efeito estufa, ou seja, quem piora o efeito estufa.

Está incluso no Protocolo de Kyoto o dióxido de carbono (CO₂), o gás metano (CH₄), o óxido nitroso (N₂O), o ozônio (O₃), hexafluoreto de enxofre (SF6), hidrofluorocarbonetos (HFC) e os perfluorocarbonetos (PFC). Mas, vamos falar dos três gases mais comuns do efeito estufa.

  • O CO₂ é o gás mais emitido, pois ele é emitido por meio das atividades humanas que envolve a queima de combustível fóssil e o desmatamento;
  • Gás metano é 21 vezes mais potente que o CO₂, sendo emitido tanto pela atividade pecuária e da decomposição de matéria orgânica de aterros sanitários e reservatório de hidrelétricas;
  • Ozônio é natural do planeta e pode ser encontrado na nossa estratosfera, mas pode existir também na troposfera pela reação entre gases poluentes emitidos pelos humanos.

O que pode ser feito para reduzir o efeito estufa?

Para reduzir o efeito estufa e combater as mudanças climáticas, precisamos agir de maneira sustentável. Isso significa fazer escolhas que ajudem a diminuir a quantidade de gases de efeito estufa liberados na atmosfera. 

Aqui estão algumas ações importantes que podemos tomar:

Economizar energia

Ser mais consciente sobre o consumo de energia em nossas casas e locais de trabalho é fundamental. Podemos desligar os aparelhos eletrônicos quando não estão em uso, usar lâmpadas econômicas e aproveitar a luz natural sempre que possível.

Optar por transporte sustentável

Utilizar transportes públicos, bicicletas ou caminhar em vez de carros movidos a combustíveis fósseis ajuda a reduzir as emissões de gases poluentes.

Reduzir o desperdício

Diminuir a quantidade de resíduos que produzimos e reciclar materiais ajudam a evitar a liberação de gases de efeito estufa nos processos de produção e descarte.

Preservar as florestas: As árvores absorvem o dióxido de carbono da atmosfera; por isso, é importante evitar o desmatamento e promover a preservação das florestas.

Usar fontes de energia limpa

Ao utilizar energia solar, eólica e hidrelétrica em vez de combustíveis fósseis, como carvão e petróleo, podemos gerar eletricidade sem emitir gases prejudiciais ao clima.

Agora que você já sabe o que é efeito estufa e como fazer para reduzir, acesse o site da Sunne para adotar energia solar e contribuir para a redução do efeito estufa.

Lá, você encontrará informações sobre como a energia solar funciona e como você pode aproveitar essa fonte limpa e renovável para reduzir sua pegada de carbono apenas optando pela energia solar por assinatura

Lembre-se, cada ação conta, não seja uma das causas do efeito estufa! Ao adotar medidas para reduzir o efeito estufa em nossa vida cotidiana, podemos fazer a diferença na luta contra as mudanças climáticas e na construção de um futuro mais sustentável para todos.

Banner para energia por assinatura é a forma mais inteligente de economizar na conta de luz

A primeira Inteligência Artificial do setor de energia!

Descubra em primeira mão como essa plataforma irá revolucionar o setor e os seus resultados.