Logotipo Original Sunne
Mãos segurando terra e uma lampada para Como funciona uma cooperativa de energia solar?

Cooperativa de energia solar: como funciona e quais são seus modelos

Com a Agenda 2030 das Organizações das Nações Unidas (ONU), a cooperativa de energia solar vem para ajudar no desenvolvimento sustentável e trabalhar com a Agenda 2030 para construir um futuro baseado no cooperativismo sustentável.

O fundamento da existência de uma cooperativa de energia para fomentar a diversificação na produção e geração de energia limpa e ecológica na matriz energética do país, além de serem uma aposta para evitar escassez de recursos.

Para você conhecer mais essa modalidade de geração de energia que usa o coletivo para alcançar criar um futuro mais sustentável, neste artigo vamos explicar como a cooperativa de energia solar funciona, a diferença entre ela e o consórcio, assim como as vantagens de participar desse modelo.

O que é uma cooperativa de energia solar?

Uma cooperativa de energia solar é uma organização formada por um grupo de pessoas que se unem para investir em um sistema de energia solar compartilhado. 

Portanto, cada membro da cooperativa contribui com um valor financeiro para a instalação e manutenção do sistema, e em troca recebe créditos de energia solar descontados em sua conta de luz.

Essa forma de geração de energia é conhecida como Geração Distribuída (GD), pois a energia é produzida localmente e distribuída entre os membros da cooperativa.

Além de ser uma alternativa mais sustentável e limpa em relação às fontes de energia tradicionais, a cooperativa de energia também pode gerar economia na conta de luz dos participantes.

As cooperativas de energia solar são uma forma democrática e acessível de promover a transição para uma matriz energética mais limpa e renovável. 

Elas permitem que pessoas que não têm condições financeiras para instalar um sistema de energia solar em suas casas possam se beneficiar dessa tecnologia e contribuir para a redução da emissão de gases de efeito estufa.

Então, você deve estar se perguntando como esse coletivo de pessoas conseguem fazer esse modelo funcionar, certo? Vamos falar sobre isso em seguida, continue a leitura!

Como funciona uma cooperativa de energia solar?

Como falamos que a cooperativa de energia é uma junção de pessoas interessadas em produzir energia limpa e ainda economizar com na conta de luz, logo, ela funciona de forma colaborativa e democrática.

Então, o funcionamento dessa cooperativa de energia, funciona praticamente em três etapas principais:

  1. O grupo se une para formar a cooperativa, estatuto social, onde é definido os objetivos, funcionamento e a estrutura da cooperativa;
  2. O momento onde a cooperativa contrata uma empresa para instalar o sistema solar fotovoltaico calculado para atender a demanda de energia dos cooperados;
  3. A energia solar gerada pelo sistema é compartilhada entre os cooperados, conforme o tamanho de sua participação na cooperativa.

Feito esses três passos, a energia solar é conectada a rede elétrica da concessionária local, para garantir que os cooperados, caso consumam mais do que o esperado, possam “comprar” da rede elétrica.

Mas, quando geram mais energia do que o necessário, possam injetar o excedente na rede elétrica e, em troca, receber créditos de compensação de energia.

Os créditos podem ser usados pelos cooperados para abater o consumo de energia em um período de até 5 anos. Portanto, a cooperativa de energia solar pode gerar sua própria energia e ainda terão energia elétrica quando precisarem.

É importante ressaltar que no Brasil, as cooperativas de energia solar são regulamentadas pela Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Qual a diferença entre consórcio e cooperativa de energia?

Consórcio e cooperativa de energia solar são duas modalidades de geração distribuída (GD) de energia que usa a luz do Sol, mas apesar de serem formas de incentivar a geração de energia, elas ainda possuem diferenças significativas e é sobre isso que vamos falar agora.

Começando pelo consórcio de energia solar. Essa modalidade é uma associação de pessoas que se unem para investir em um projeto de energia solar em conjunto. 

Cada membro do consórcio contribui com um valor financeiro para a instalação do sistema, e em troca recebe uma parcela proporcional da energia gerada pelo sistema. No entanto, cada membro é responsável por gerenciar e manter seu próprio sistema de energia solar.

Já uma cooperativa de energia solar é uma organização formada por um grupo de pessoas que se unem para investir em um sistema de energia solar compartilhado.

Cada membro da cooperativa contribui com um valor financeiro para a instalação e manutenção do sistema, e em troca recebe créditos de energia solar descontados em sua conta de luz.

A energia é produzida localmente e distribuída entre os membros da cooperativa, em uma forma de geração distribuída.

Mas, ambas as formas de organização podem ser uma alternativa mais acessível e sustentável para investir em energia solar, dependendo das necessidades e objetivos de cada grupo.

Quais são os modelos de negócio para uma cooperativa de energia solar?

Uma cooperativa de energia solar pode adotar diferentes modelos de negócio para viabilizar a instalação e manutenção do sistema de energia solar compartilhado. Alguns dos modelos mais comuns são:

Compra coletiva

Nesse modelo, a cooperativa negocia a compra dos equipamentos e serviços necessários para a instalação do sistema de energia solar em excesso, o que pode gerar descontos significativos. 

Os membros da cooperativa contribuem financeiramente para a compra dos equipamentos e serviços, e em troca recebem créditos de energia solar descontados em suas contas de luz.

Aluguel de telhados

Nesse modelo, a cooperativa aluga o telhado de um prédio ou condomínio para instalar o sistema de energia solar. 

Os membros da cooperativa contribuem financeiramente para a instalação e manutenção do sistema, e em troca recebem créditos de energia solar descontados em suas contas de luz. 

O proprietário do telhado também pode receber uma parte dos créditos de energia solar gerados pelo sistema.

Energia solar sem precisar investir em painéis solares? Venha fazer parte do futuro da energia. Fale agora com um dos nossos consultores

Financiamento coletivo

Já nesse modelo, a cooperativa arrecada recursos financeiros por meio de financiamento coletivo para a instalação do sistema de energia solar.

Os membros da cooperativa contribuem financeiramente para o financiamento coletivo, e em troca recebem créditos de energia solar descontados em suas contas de luz.

Parcerias com empresas

Aqui a cooperativa estabelece parcerias com empresas interessadas em investir em energia solar. 

As empresas podem contribuir financeiramente para a instalação e manutenção do sistema de energia solar em troca de créditos de energia solar. Os membros da cooperativa também recebem créditos de energia solar proporcionalmente à sua contribuição financeira.

Esses são apenas alguns exemplos de modelos de negócio que uma cooperativa de energia solar pode adotar. A escolha do modelo mais adequado depende das necessidades e objetivos da cooperativa, bem como das condições locais de mercado e regulatórias.

Qual a vantagem da cooperativa de energia solar?

A cooperativa de energia solar apresenta diversas vantagens em relação a outras formas de investimento em energia solar. Algumas das principais vantagens são:

  • Acesso à energia solar;
  • Economia na conta de luz;
  • Geração distribuída;
  • Sustentabilidade;
  • Gestão compartilhada.

Essas são apenas algumas das vantagens que a cooperativa de energia solar pode oferecer.

A escolha por investir em energia solar por meio de uma cooperativa depende das necessidades e objetivos de cada pessoa ou grupo, mas é uma alternativa cada vez mais acessível e sustentável.

Quem pode participar de uma cooperativa de energia solar?

Tudo isso nos leva a dúvida mais comum. Afinal, existe algum critério excludente para os interessados em iniciar ou participar uma cooperativa de energia solar?

Bem, na verdade, qualquer pessoa, física ou jurídica, pode participar de uma cooperativa de energia e os únicos requisitos necessários para isso, são: ser uma pessoa física ou jurídica, possuir imóvel ou área de terreno e estar em dias com as obrigações tributárias.

Logo, moradores de apartamentos, casas, donos de empresas (pequenas ou médias) e industrias podem participar dessa modalidade de geração de energia limpa. Basta cumprir todos os requisitos, assinar o contrato e pagar sua taxa de adesão.

No entanto, é importante verificar as regras estabelecidas no estatuto da cooperativa, que podem variar de acordo com cada organização. Algumas cooperativas de energia podem estabelecer critérios específicos para a adesão, como a necessidade de ser morador de determinada região ou de possuir um perfil de consumo de energia elétrica mínimo.

Além disso, é importante lembrar que a participação em uma cooperativa de energia solar envolve um compromisso financeiro a longo prazo, já que os membros contribuem financeiramente para a instalação e manutenção do sistema de energia solar compartilhado.

Por isso, é importante avaliar cuidadosamente as condições e benefícios oferecidos pela cooperativa antes de se tornar um membro.

Energia limpa e sustentável com o aluguel de energia solar

A cooperativa de energia solar é uma excelente opção para quem deseja economizar na conta de luz e contribuir para a sustentabilidade ambiental. No entanto, nem sempre é possível instalar um sistema fotovoltaico na localidade, por diversos motivos.

Para essas pessoas, a Sunne é uma alternativa interessante. A empresa intermedia a contratação de planos de energia solar por assinatura, sem a necessidade de fazer instalação de painéis solares. O processo é feito 100% online, com planos flexíveis, sem fidelidade ou mensalidade.

Ao assinar um plano de energia solar com a Sunne, o cliente pode economizar até 20% na conta de luz, sem precisar arcar com os custos de instalação e manutenção de um sistema fotovoltaico. Além disso, o processo é feito de forma rápida e fácil, sem burocracia.

Se você está procurando uma forma de economizar na conta de luz e contribuir para a sustentabilidade ambiental, a Sunne é uma excelente opção. Acesse o site da empresa e saiba mais sobre os planos de energia solar por assinatura.

Saiba mais sobre energia solar por assinatura. Sem instalar painéis solares, sem obras, sem investimento. A Sunne cuida de tudo por você