Logotipo Original Sunne
Imagem aérea de fazenda solar para artigo sobre Entenda o que é geração centralizada de energia

Entenda o que é geração centralizada de energia elétrica

Se você já pesquisou sobre geração de energia, com certeza já deve ter se deparado com a geração centralizada ou geração distribuída.

Apesar de ambas fazerem parte do mercado de geração de energia elétrica, existem algumas diferenças entre elas. Na geração distribuída de energia, ou GD, por exemplo, são usinas menores que geram energia para vários locais diferentes 

Mas, este artigo será sobre a geração centralizada, seus tipos de geração, como ela funciona, além de explicar melhor a diferença entre ela e a GD.

Se ficou curioso para saber mais sobre, continue lendo este artigo até o final, pois também falaremos sobre como, com a sua ajuda, é possível deixar a geração centralizada de energia solar mais sustentável.

O que é geração centralizada de energia solar?

A geração centralizada de energia solar é um modelo de produção de energia elétrica a partir da energia solar, em que grandes usinas solares são construídas em locais estratégicos para captar a luz do sol e transformá-la em eletricidade. 

Nesse modelo, a energia gerada é distribuída para uma rede elétrica, que a leva até os consumidores finais. As usinas solares centralizadas são geralmente compostas por painéis solares fotovoltaicos, que convertem a luz do sol em eletricidade. 

Esses painéis são instalados em grandes áreas, como campos abertos ou telhados de edifícios, e são conectados a inversores que transformam a corrente contínua gerada pelos painéis em corrente alternada, que é a forma de eletricidade utilizada nas redes elétricas.

A geração centralizada de energia solar é uma alternativa cada vez mais popular para a produção de energia elétrica, pois é uma fonte limpa e renovável, que não emite gases poluentes ou contribui para o aquecimento global. 

Além disso, as usinas solares centralizadas podem ser construídas em locais com grande incidência de luz solar, o que aumenta a eficiência da produção de energia.

Quais são os tipos de geração centralizada de energia?

Agora que você já sabe o que é a geração centralizada, saiba os tipos de geração que pode ser feita através desse modelo.

Então, para começarmos é importante saber ela pode ser feita a partir de diversas fontes de energia, como hidrelétrica, termelétrica, eólica, nuclear e solar. Cada uma dessas fontes apresenta vantagens e desvantagens em relação à sua eficiência, custo, impacto ambiental e disponibilidade de recursos.

No caso da geração fotovoltaica, a geração centralizada pode ser realizada por meio de usinas solares fotovoltaicas, que convertem a luz do sol em eletricidade. 

Além disso, também é possível gerar energia solar por meio de usinas solares térmicas, que utilizam espelhos para concentrar a luz do sol em um ponto e aquecer um fluido, que é então utilizado para gerar vapor e movimentar turbinas que geram eletricidade.

Já no caso da energia hidrelétrica, ela é realizada por meio de grandes usinas hidrelétricas, que utilizam a força da água para movimentar turbinas e gerar eletricidade. 

A energia termelétrica, por sua vez, é gerada a partir da queima de combustíveis fósseis, como carvão, gás natural e óleo diesel, em grandes usinas termelétricas.

A energia eólica é gerada por meio de grandes turbinas eólicas, que captam a energia dos ventos e a transformam em eletricidade.

Por fim, a energia nuclear é gerada por meio de usinas nucleares, que utilizam a fissão nuclear para gerar calor e movimentar turbinas que geram eletricidade.

Portanto, cada tipo de geração centralizada apresenta vantagens e desvantagens em relação à sua eficiência, custo, impacto ambiental e disponibilidade de recursos.

A escolha da fonte de energia mais adequada para cada caso depende de diversos fatores, como a localização geográfica, a demanda energética, o custo dos recursos e a disponibilidade de tecnologias adequadas.

Mas, como funciona a geração centralizada de energia?

Pensando no aspecto macro da geração centralizada de energia, ela é um processo em que a energia elétrica é produzida em uma central de geração e distribuída para os consumidores através de uma rede de transmissão e distribuição. 

Devido a suas diversificações, existem diferentes tipos de centrais de geração, como usinas hidrelétricas, termelétricas, nucleares, eólicas e solares, cada uma com suas próprias características e processos de geração de energia.

Mas, no aspecto geral, o processo de geração de energia elétrica em uma central começa com a conversão de uma fonte de energia em energia elétrica. 

Por exemplo, em uma usina hidrelétrica, a energia cinética da água é convertida em energia elétrica através de turbinas hidráulicas. 

Em uma usina termelétrica, a energia térmica gerada pela queima de combustíveis fósseis é convertida em energia elétrica através de geradores.

Após a geração de energia elétrica, a eletricidade é transmitida através de linhas de transmissão de alta tensão para subestações, onde a tensão é reduzida e a eletricidade é distribuída para os consumidores através de linhas de distribuição de baixa tensão.

Então, naturalmente, a geração centralizada tem a vantagem de ser capaz de produzir energia elétrica em abundância de forma eficiente e confiável. No entanto, também pode ser cara e pode levar a perdas de energia durante a transmissão e distribuição.

Além disso, a geração centralizada de energia pode ser poluente, dependendo da fonte de energia utilizada e é daí que vem a importância de tornar essa geração mais sustentável possível. 

Por isso, muitos países estão investindo em fontes de energia renovável descentralizadas, como a energia solar e eólica, para reduzir a dependência de fontes de energia poluentes e aumentar a segurança energética.

O que é geração centralizada e distribuída?

Agora vamos falar sobre a diferença que distingue esses dois tipos de geração e para começarmos, vamos com o tópico principal do artigo de hoje, a geração centralizada.

Ela é um modelo em que a eletricidade é produzida em grandes centrais de geração e distribuída para os consumidores através de uma rede de transmissão e distribuição. Nele, se utiliza em grande escala em todo o mundo, com usinas hidrelétricas, termelétricas, nucleares, eólicas e solares sendo as principais fontes de energia elétrica.

Já a geração distribuída de energia é um modelo em que a eletricidade é produzida em pequenas unidades de geração, geralmente próximas aos consumidores, como painéis solares em telhados de residências ou edifícios comerciais. 

Essa eletricidade pode ser utilizada diretamente pelos consumidores ou injetada na rede elétrica para ser distribuída para outros consumidores.

A principal diferença entre os dois modelos é a escala de produção de energia elétrica. Na geração centralizada, a eletricidade é produzida em excesso em centrais de geração, enquanto na geração distribuída, a eletricidade é produzida em pequenas quantidades próximas aos consumidores.

Mas, ambos os modelos têm vantagens e desvantagens. A geração centralizada é capaz de produzir grandes quantidades de energia elétrica de forma eficiente e confiável, mas pode ser cara e poluente, dependendo da fonte de energia utilizada. 

Já a geração distribuída é mais flexível e pode ser mais sustentável, mas pode ser menos eficiente e mais cara em alguns casos.

Nos últimos anos, a geração distribuída tem ganhado destaque em todo o mundo, impulsionada pelo aumento da capacidade de produção de energia renovável, como a energia solar e eólica, e pela redução dos custos de instalação de sistemas de geração distribuída.

O futuro da geração centralizada de energia

O futuro da geração centralizada de energia é incerto, mas é provável que continue a desempenhar um papel importante na produção de energia elétrica em todo o mundo. 

Embora a geração distribuída esteja crescendo rapidamente, a geração centralizada ainda é capaz de produzir energia elétrica de forma eficiente, o que é essencial para atender à demanda crescente por energia elétrica em muitos países.

No entanto, a geração centralizada também enfrenta desafios significativos, como a necessidade de reduzir as emissões de gases de efeito estufa e a dependência de fontes de energia não renováveis. 

Para enfrentar esses desafios, muitos países estão investindo em tecnologias de geração de energia mais limpas e sustentáveis, como a energia solar, eólica e hidrelétrica.

Além disso, a digitalização e a automação estão transformando como a energia elétrica é produzida e distribuída, permitindo uma maior eficiência e flexibilidade na geração centralizada. 

Por exemplo, as tecnologias de armazenamento de energia estão permitindo que as centrais de geração armazenem a energia produzida durante os períodos de baixa demanda e a liberem durante os períodos de pico, reduzindo a necessidade de construir novas centrais de geração.

O que você pode fazer para tornar a geração centralizada de energia mais sustentável?

Como uma inteligência artificial, eu não posso fazer nada diretamente para tornar a geração centralizada de energia mais sustentável. 

No entanto, posso fornecer algumas sugestões de ações que as pessoas podem tomar a geração centralizada de energia mais sustentável:

1. Reduzir o consumo de energia elétrica

Uma das maneiras mais eficazes de tornar a geração centralizada de energia mais sustentável é reduzir o consumo de energia elétrica. 

Isso pode ser feito através de medidas simples, como desligar os aparelhos eletrônicos quando não estão em uso, usar lâmpadas LED de baixo consumo de energia e ajustar a temperatura do ar condicionado para um nível mais alto no verão e mais baixo no inverno.

2. Investir em fontes de energia renovável

Outra maneira de tornar a geração centralizada de energia mais sustentável é investir em fontes de energia renovável, como a energia solar e eólica. 

Isso pode ser feito através da instalação de painéis solares em telhados de residências ou edifícios comerciais, ou através do investimento em fundos de energia renovável.

3. Apoiar políticas públicas sustentáveis

Os governos têm um papel importante a desempenhar na promoção da sustentabilidade na geração centralizada de energia.

As pessoas podem apoiar políticas públicas sustentáveis, como incentivos fiscais para a instalação de painéis solares e a implementação de padrões de eficiência energética mais rigorosos para edifícios e aparelhos eletrônicos.

4. Participar de programas de conservação de energia

Muitas empresas de energia elétrica oferecem programas de conservação de energia que incentivam os consumidores a reduzir o consumo de energia elétrica.

As pessoas podem participar desses programas para tornar a geração centralizada de energia mais sustentável.

Então, como você pode ver, existem várias ações que as pessoas podem tomar a geração centralizada de energia mais sustentável, desde a redução do consumo de energia elétrica até o investimento em fontes de energia renovável e o apoio a políticas públicas sustentáveis.

Quer economizar na conta de luz e contribuir para um futuro mais sustentável? 

A geração centralizada é uma forma tradicional de geração de energia elétrica, que utiliza grandes usinas para produzir energia para muitos consumidores. Essa modalidade é responsável por cerca de 90% da energia elétrica consumida no Brasil.

Apesar de ser a forma mais comum de geração de energia, a geração centralizada também apresenta algumas desvantagens, como a dependência de combustíveis fósseis, que são poluentes e contribuem para o aquecimento global.

Portanto, para quem busca uma opção mais sustentável e econômica de geração de energia, a Sunne Brasil oferece planos de energia solar por assinatura. 

Com esse serviço, o cliente não precisa arcar com os custos de instalação de painéis solares e pode economizar até 20% na conta de luz.

O processo de contratação é 100% online e não há planos de fidelidade ou mensalidade. Para saber mais sobre os planos da Sunne Brasil, acesse o site da empresa. Acesse o banner abaixo, preencha o formulário e receba o contato de um dos consultores especializados da Sunne agora mesmo!

Faça como a Mob que já economizou R$303,747 em 26 meses apenas usando energia solar por assinatura! Entre em contato e cuidamos do resto

A primeira Inteligência Artificial do setor de energia!

Descubra em primeira mão como essa plataforma irá revolucionar o setor e os seus resultados.