Logotipo Original Sunne
Imagem com três dados com as iniciais de ESG para artigo sobre Governança ESG: O que é e como implementar na sua empresa

Governança ESG: saiba o que é e como aplicar na sua empresa

Atualmente vivemos em um mundo cada vez mais tecnológico e passando por mudanças constantemente que, podem ou não, serem extremamente relevantes para as futuras gerações. Entre elas está a urgência quanto ao assunto é governança ESG e medidas de sustentabilidade no mundo corporativo.

Logo, nesse sentido, o termo ESG, sigla em inglês para Ambiental, Social e Governança, está se mostrando mais presente na rotina das comunidades locais, bem como em ambientes de trabalho que buscam se adequar como empresas sustentáveis.

Portanto, vamos explorar nesse artigo o que é governança ESG, seus três pilares, os objetivos que é pretendido alcançar com isso e, principalmente, como você pode aplicar práticas de ESG na sua empresa.

O que é governança ESG?

Governança ESG é um modelo de gestão empresarial que considera três fatores principais: ambiental (Environmental), social (Social) e de governança (Governance). 

Esses fatores são utilizados para avaliar a sustentabilidade e a responsabilidade social das empresas, além de sua capacidade de gerar valor a longo prazo.

Segundo uma pesquisa do ManpowerGroup, apenas 14% dos entrevistados no Brasil concentram seus esforços em atividades no setor. Isso quer dizer que a governança ESG ainda não é a área mais valorizada, perdendo apenas para o Social que seria de 42%.

Entretanto, a governança ESG é importante porque as empresas que adotam essa abordagem tendem a ter um desempenho financeiro melhor a longo prazo, além de serem mais resilientes a riscos e incertezas. 

Além disso, a governança ESG é uma forma de promover a sustentabilidade e a responsabilidade social corporativa, contribuindo para um mundo mais justo e equilibrado.

E, ao contrário do que se acredita, a governança ESG não se limita apenas a questões ambientais e sociais. As práticas ESG nas empresas incluem as práticas de gestão e transparência da empresa, para garantir que a empresa seja gerenciada de forma ética e responsável.

Isso significa que as empresas precisam se preocupar não apenas com questões ambientais e sociais, mas também com como são gerenciadas e como se relacionam com seus stakeholders.

Os três pilares da governança ESG

Os três pilares da governança ESG são: 

1. Ambiental (Environmental): 

Refere-se às práticas e políticas da empresa relacionadas à gestão ambiental, incluindo a redução de emissões de gases de efeito estufa, a gestão de resíduos, a conservação de recursos naturais e a mitigação de impactos ambientais negativos.

2. Social (Social): 

Já a prática Social, se refere às práticas e políticas da empresa relacionadas à gestão de questões sociais, incluindo a diversidade e inclusão, a saúde e segurança dos funcionários, a responsabilidade social corporativa e a relação com as comunidades locais.

3. Governança (Governance)

E a governança, de fato, se refere às práticas e políticas da empresa relacionadas à gestão corporativa, incluindo a transparência, a ética, a responsabilidade dos gestores e a proteção dos interesses dos acionistas e outros stakeholders.

A governança ESG busca integrar esses três pilares em todas as áreas da empresa, desde a estratégia até a operação diária, para promover a sustentabilidade e a responsabilidade social corporativa. As empresas que adotam a governança ESG tendem a ter um desempenho financeiro melhor a longo prazo, além de serem mais resilientes a riscos e incertezas.

E quais são os benefícios da governança ESG para sua empresa?

Bem, a governança ESG e suas práticas trazem muitos benefícios para as empresas que implementam, como ter um melhor desempenho financeiro a longo prazo.

Pois estão mais preparadas para lidar com riscos e incerteza, sem mencionar o fato de se tornarem mais atraentes tanto para investidores que buscam se aliar a marcas sustentáveis quanto para os consumidores que buscam por marcas sustentavelmente mais responsáveis.

A governança ESG também ajuda empresas a identificar e gerenciar melhor os riscos ambientais, sociais e de governança, tornando-as mais resilientes a crises e incertezas.

Outro benefício é que empresas que adotam a governança ESG tendem a ter uma melhor reputação e imagem da marca, pois são vistas como socialmente responsáveis e sustentáveis.

Empresas ESG que adotam práticas de ESG podem ajudar a aumentar o engajamento dos funcionários, pois eles se identificam mais com empresas com valores e práticas alinhados com suas próprias crenças e valores.

As práticas de ESG nas empresas, especificamente, a governança ESG pode ajudar a aumentar a satisfação dos clientes, pois eles tendem a preferir empresas com práticas socialmente responsáveis e sustentáveis.

Em resumo, a governança ESG traz diversos benefícios para as empresas que a adotam, ajudando-as a serem mais sustentáveis, socialmente responsáveis e financeiramente bem-sucedidas a longo prazo, gerando valor e reduzindo capital.

Qual é o principal objetivo da governança?

O principal objetivo da governança ESG é integrar os fatores ambientais, sociais e de governança em todas as áreas da empresa, desde a estratégia até a operação diária, para promover a sustentabilidade e a responsabilidade social corporativa. 

Portanto, a governança ESG busca garantir que as empresas sejam gerenciadas de forma ética e responsável, protegendo os interesses dos acionistas e outros stakeholders, além de contribuir para um mundo mais justo e equilibrado. 

A avaliação ESG é realizada por agências especializadas que analisam diversos fatores relacionados à sustentabilidade e à responsabilidade social das empresas, permitindo que os investidores identifiquem as empresas mais sustentáveis e socialmente responsáveis para investir.

Logo, a importância da governança ajuda a:

  • Proteger os interesses dos stakeholders;
  • Assegurar a conformidade com leis e regulamentos;
  • Melhorar a eficiência e a eficácia;
  • Reduzir o risco;
  • Aumentar a transparência e a prestação de contas;
  • Construir confiança e credibilidade.

E é importante lembrar que a governança ESG é um processo contínuo que deve ser adaptado às mudanças nas circunstâncias e necessidades da sua empresa. Existem muitos modelos diferentes de governança, mas todos compartilham o objetivo comum de garantir que as organizações atinjam seus objetivos e cumpram suas responsabilidades.

Qual a relação entre a governança corporativa e as práticas da ESG?

A relação entre a governança corporativa e as práticas de ESG é muito próxima. A governança corporativa é o sistema pelo qual uma empresa é dirigida e controlada, enquanto as práticas da ESG nas empresas são um conjunto de princípios que guiam as empresas em suas decisões sobre meio ambiente, social e governança.

Essas práticas podem ser incorporadas à governança corporativa de várias maneiras, por exemplo, as empresas podem ter um conselho de administração que inclui membros com experiência em ESG, ou podem ter um comitê de ESG responsável por supervisionar as práticas da empresa em relação ao meio ambiente, social e governança.

As empresas também podem adotar políticas e procedimentos que estão alinhados com os princípios da ESG. Por exemplo, uma empresa pode ter uma política de reciclagem, ou pode ter uma política de igualdade de oportunidades.

As empresas podem melhorar sua reputação, reduzir seus custos e aumentar sua competitividade. As empresas também podem atrair e reter funcionários e clientes que estão comprometidos com a sustentabilidade.

Ao adotar práticas de ESG, as empresas também podem contribuir para a construção de um mundo mais sustentável. As empresas podem reduzir seu impacto ambiental, melhorar as condições sociais e promover a governança corporativa responsável.

É importante lembrar que a governança é a chave do ESG no mundo, uma vez que investidores, consumidores, clientes e stakeholders estão bastante preocupados e engajados em questões climáticas e sociais.

Como as empresas podem implementar a governança ESG?

Existem diversas maneiras pelas quais as empresas podem implementar a governança ESG. Aqui estão algumas dicas:

  • O que você quer alcançar com a governança ESG? Você quer reduzir seu impacto ambiental, melhorar o seu desempenho social ou melhorar a sua governança corporativa? Uma vez que você saiba o que você quer alcançar, você pode começar a desenvolver um plano para alcançá-lo;
  • Faça uma avaliação. Onde você está agora? Quais são suas principais preocupações em relação à ESG? Uma vez que você tenha uma boa compreensão da sua situação atual, você pode começar a desenvolver um plano para melhorar;
  • Quais são as suas metas para a governança ESG? Quando você espera alcançá-las? Estabelecer metas e marcos vai ajudá-lo a acompanhar o seu progresso e garantir que você está no caminho certo;
  • Certifique-se de que todos na sua empresa saibam sobre a sua estratégia de governança ESG. Isso inclui os seus funcionários, clientes, fornecedores e outros stakeholders. A comunicação é essencial para o sucesso da governança ESG;
  • Como você vai medir o seu progresso em relação aos seus objetivos de governança ESG? Você vai usar indicadores-chave de desempenho (KPIs)? Você vai publicar relatórios anuais sobre o seu desempenho? Medir e reportar o seu desempenho vai ajudá-lo a melhorar continuamente e a demonstrar o seu compromisso com a ESG;
  • A governança ESG é um processo contínuo. Você sempre pode melhorar o seu desempenho. Esteja comprometido com a melhoria contínua e você vai alcançar seus objetivos.

Ao seguir essas dicas, as empresas podem implementar a governança ESG e tornar-se mais sustentáveis, socialmente responsáveis e transparentes.

A Sunne Brasil é uma empresa que acredita na importância da governança ESG. Por isso, oferecemos aos nossos clientes uma solução que permite reduzir seu impacto ambiental e melhorar seu desempenho social. Com a Sunne Brasil, você pode assinar uma energia limpa e renovável, e ainda ajudar a desenvolver a economia local.

Se você está interessado em saber mais sobre a Sunne Brasil, entre em contato conosco hoje mesmo. Teremos o prazer de responder a todas as suas perguntas e ajudá-lo a encontrar a solução perfeita para suas necessidades.

Faça como a Mob que já economizou R$303,747 em 26 meses apenas usando energia solar por assinatura! Entre em contato e cuidamos do resto

A primeira Inteligência Artificial do setor de energia!

Descubra em primeira mão como essa plataforma irá revolucionar o setor e os seus resultados.