Logotipo Original Sunne
Um criança abraçando o tronco verde de musgo de uma árvore, mas a criança está escondida atrás da árvore e apenas as duas mãos ficam visíveis para ilustrar o artigo sobre princípios básicos da educação ambiental

Os princípios básicos da educação ambiental pode mudar o mundo

A educação ambiental é um tema crucial atualmente, já que a preservação do meio ambiente é uma questão cada vez mais urgente. Portanto, é fundamental compreender os princípios básicos da educação ambiental, assim como seus objetivos e políticas de educação ambiental. 

Mas, para que isso aconteça, é importante também entender o que é educação ambiental. De uma maneira geral, podemos definir a educação ambiental como um processo contínuo e permanente sobre as interações entre o meio ambiente e as atividades humanas.

Se quer saber o que é educação ambiental, os princípios básicos da educação ambiental, seus objetivos e como você pode colocar em prática essas políticas de educação ambiental, leia este artigo até o fim!

O que é educação ambiental e por que é importante?

Discutir e entender o que é educação ambiental é uma ação básica para podermos desenvolver um pensamento crítico e entender sua importância no contexto social e cultural.

Segundo a Lei 9.795/1999 de Política de Nacional de Educação Ambiental, logo no seu primeiro artigo, define educação ambiental como um conjunto de processos nos quais as pessoas constroem valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a conservação do meio ambiente que, afinal, é essencial para termos uma boa qualidade de vida.

Educação Ambiental no Brasil

O termo “educação ambiental”, surgiu pela primeira vez em 1945 na Inglaterra, ganhou força em 1948 na União Internacional para a Conservação da Natureza (UICN), mas foi em 1972, na Conferência de Estocolmo que o termo ganhou força mundial.

Entretanto, só foi na Conferência da ONU sobre o Meio Ambiente e Desenvolvimento que aconteceu em 1992 no Rio de Janeiro, a famosa Agenda 21, um plano de ação para sustentabilidade, onde reconhece a educação ambiental como uma estratégia para ter um mundo mais sustentável e saudável, que o termo de ficou popular no Brasil. 

Portanto, em 1999, a partir do capítulo VI, artigo 225 da Constituição Federal, onde trata sobre o meio ambiente, e os Parâmetros Curriculares Nacional a medida que tratar a Educação Ambiental, surgiu a Lei 7.735, originando o Instituto brasileiro do Meio Ambiente, uma política de educação ambiental oficial.

Por que é tão importante?

Já notou que quando falamos sobre educação ambiental, parece um assunto distante como se não fizesse parte da vida diária?

O contato físico com o meio ambiente de um adulto comum em nossa sociedade se dá pelo acesso à água encanada ou uma ida ao parque. Mas, nesses casos, ele nunca parou para pensar, de fato, que a água que lava as mãos, toma banho e lava os alimentos, passou por um processo até chegar a ele, por exemplo.

Por isso, a educação ambiental é tão importante. Afinal, o que é a educação ambiental se não existe um pensamento crítico para compreender como nossas ações afetam a natureza e impedem de oferecer um futuro num planeta saudável para a futura geração.

Sem políticas de educação ambiental, muitas pessoas não têm consciência da importância de preservar o meio ambiente e acabam adotando ações danosas à natureza, como o desmatamento, poluição e a exploração de recursos naturais.

Além disso, os objetivos da educação ambiental é nos ajudar a tomar decisões inteligentes para preservar o meio ambiente, além de conseguir pensar de maneira crítica as informações sobre questões ambientais.

E, levando para o lado social, a educação ambiental nos ajuda a criar uma sociedade mais justa, sustentável tecnologicamente, em que as pessoas conseguem participar ativamente dos processos de gestão ambiental de suas próprias comunidades. 

Princípios básicos da educação ambiental: o que você precisa saber

Como a educação ambiental é um processo que envolve a construção de valores sociais, conhecimentos, habilidades, atitudes e competências voltadas para a preservação do meio ambiente. 

Apesar de se ter uma lei que assegure a educação ambiental, é necessário estipular os princípios básicos da educação ambiental, como ficou definido na Política Nacional de Educação Ambiental (PNAE):

I – o enfoque humanista, holístico, democrático e participativo.

II – a concepção do meio ambiente em sua totalidade, considerando a interdependência entre o meio natural, o socioeconômico e o cultural, sob o enfoque da sustentabilidade.

III – o pluralismo de idéias e concepções pedagógicas, na perspectiva da inter, multi e transdisciplinaridade;

IV – a vinculação entre a ética, a educação, o trabalho e as práticas sociais;

V – a garantia de continuidade e permanência do processo educativo;

VI – a permanente avaliação crítica do processo educativo;

VII – a abordagem articulada das questões ambientais locais, regionais, nacionais e globais;

VIII – o reconhecimento e o respeito à pluralidade e à diversidade individual e cultural.

Os pilares da educação ambiental

O Pacto Global da ONU, lançado nos anos 2000, apresenta para empresas estratégias e operações pautadas nos princípios básicos da educação ambiental.

A ideia partiu do ex-secretário das Nações Unidas, Kofi Annan, com o principal objetivo de desenvolver e apoiar ações que contribuam para o enfrentamento dos desafios da sociedade, são elas:

  1. Apoiar e respeitar a proteção dos direitos humanos proclamados internacionalmente;
  2. Assegurar-se de que as empresas não serão cúmplices de violações a tais direitos;
  3. Apoiar a liberdade de associação e o reconhecimento efetivo do direito à negociação coletiva; 
  4. Eliminação de todas as formas de trabalho forçado e obrigatório;
  5. Abolição efetiva do trabalho infantil; e
  6. Eliminação da discriminação no emprego e na ocupação.
  7. Apoiar uma abordagem preventiva aos desafios ambientais;
  8. Empreender iniciativas para promover maior responsabilidade ambiental;
  9. Encorajar o desenvolvimento e a difusão de tecnologias ambientalmente amigáveis.
  10. As empresas devem combater a corrupção em todas as suas formas, incluindo extorsão e suborno.

Objetivos da educação ambiental: como eles podem ajudar a salvar o planeta

O principal objetivo dos princípios básicos da educação ambiental é conscientizar as pessoas sobre a importância da preservação do meio ambiente e promover a mudança de hábitos e comportamentos relacionados ao uso dos recursos naturais.

Outros objetivos da educação ambiental resumidamente consistem em:

  • Desenvolver a compreensão dos conceitos relacionados com o meio ambiente, sustentabilidade, preservação e conservação;
  • Promover a participação ativa e democrática da sociedade na gestão ambiental;
  • Estimular a reflexão crítica sobre as questões ambientais e suas relações com a sociedade;
  • Fomentar a pesquisa e o desenvolvimento de tecnologias limpas e sustentáveis;
  • Incentivar ações individuais e coletivas que contribuam para a preservação do meio ambiente.

Logo, os objetivos da educação ambiental é permitir que as pessoas compreendam a importância da preservação do meio ambiente e adotem práticas sustentáveis que contribuem para a proteção do planeta.

Já que ao promover a conscientização, expor os princípios básicos da educação ambiental, estimular a participação ativa da sociedade e usar a educação ambiental como uma ferramenta essencial para salvar o planeta.

Política de educação ambiental: como ela pode mudar o mundo

Como já sabemos, a Política Nacional de Educação Ambiental (PNEA) é um conjunto de ações e estratégias que visam promover a educação ambiental em todos os níveis de ensino e em todas as tarefas da sociedade, incluindo governos, empresas, organizações não governamentais.

O objetivo principal dessa política é conscientizar as pessoas sobre o quão é importante preservar o meio ambiente e promover a mudança de hábitos e uso dos nossos recursos naturais.

Portanto, a principal estratégia de ensino usada nos princípios básicos da educação ambiental inclui o estudo de casos sobre problemas ambientais globais, auditorias para regular o consumo em empresas e escolas, projetos de educação ambiental nas escolas, campanhas de conscientização e a criação de programas de gestão ambiental em empresas e órgãos públicos.

A participação das pessoas em suas próprias comunidades é fundamental para promover práticas sustentáveis, pois é através da conscientização e da mudança de comportamento das pessoas que é possível garantir a preservação do meio ambiente.

Já que os princípios básicos da educação ambiental, como falamos antes, procura incentivar o pensamento crítico dos cidadãos para que eles consigam compreender a relação do ser humano e o meio ambiente, além de desenvolver o espírito de cooperação e comprometimento.

Por isso, que a política de educação ambiental, assim como seus princípios e objetivos, pode mudar o mundo ao estimular a participação ativa da sociedade na gestão ambiental e no desenvolvimento de novas tecnologias e atiçar a conscientização das pessoas.

Comece a aderir educação ambiental

Conhecer os princípios básicos da educação ambiental e colocar políticas de educação ambiental em prática quanto antes na sua empresa.

Começando com a economia de energia e investir no aluguel de energia solar com a Sunne. Afinal, você também irá contribuir para transformar o mundo num lugar melhor.

Banner para energia por assinatura é a forma mais inteligente de economizar na conta de luz

A primeira Inteligência Artificial do setor de energia!

Descubra em primeira mão como essa plataforma irá revolucionar o setor e os seus resultados.