Logotipo Original Sunne
Quatro torres de linhas de transmissão de energia em ordem decrescente em frente a um pôr do Sol alaranjado para o artigo sobre projetos de energia limpa no Brasil

Projetos de energia limpa no Brasil e sua importância para o país

Apesar dos combustíveis fósseis ainda serem a principal fonte de energia no país, nas últimas décadas começamos a dar passos importantes para reduzir a emissão de gases poluentes como o CO₂; mesmo sendo um desafio da energia limpa, começamos a investir em projetos de energia limpa no Brasil.

Até porque o Brasil, entre os países do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul), conseguiu ganhar maior destaque por sua produção e projetos de energia limpa. Segundo um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), a matriz energética brasileira, em 2019, foi formada por 45% de fontes renováveis e 54% de fontes fósseis. 

O Brasil ainda é muito dependente da fonte hidrelétrica, que com o tempo está diminuindo. Há 20 anos, 85% de toda a energia elétrica gerada no Brasil era originária da fonte hídrica. Hoje em dia, são 65% e 20% complementado por outras fontes.

E será sobre esses tipos de energia limpa que vamos falar logo aqui abaixo, os projetos de energia limpa no Brasil, assim como sua importância e os desafios da energia limpa enfrentados pelo Brasil na sua transição para uma matriz energética sustentável.

Tipos de energia limpa para o meio ambiente e a economia do país

Com a liderança do Brasil, a América Latina lidera o ranking de produção de energia limpa, estando próximo a ser o líder global, segundo relatório da Global Energy Motor (GEM)

Mas, antes de sermos global precisamos conhecer e entender qual a importância da energia limpa em nosso país, encarar os desafios da energia limpa e, claro, como aderir a esse movimento vai impactar positivamente sua empresa.

Existem vários tipos de energia limpa que podem ajudar a reduzir a emissão de gases de efeito estufa e são um dos projetos de energia limpa no Brasil que podem contribuir para o desenvolvimento sustentável no país. Alguns exemplos incluem:

Energia Solar

A energia solar é obtida a partir da luz do sol e pode ser capturada e transformada em eletricidade por meio de painéis solares. O Brasil tem um grande potencial para a geração de energia solar devido ao seu clima tropical.

Energia Eólica

a energia eólica é gerada a partir da força dos ventos. O Brasil tem um enorme potencial para a geração de energia eólica, principalmente na região Nordeste, onde os ventos são fortes e constantes.

Energia Hidrelétrica

A energia hidrelétrica é gerada a partir da força da água em movimento. O Brasil é um dos países com maior capacidade de geração de energia hidrelétrica do mundo, graças à sua grande rede de rios e reservatórios.

É importante entender os tipos de fontes de energia, especialmente, a hidrelétrica, pois ela faz parte de mais de 60% da nossa matriz energética, devido ao seu desempenho e potencial hídricos.

Energia Geotérmica 

Energia gerada pelo calor do interior da Terra. Para obter essa energia é necessário perfurar o solo até o magma que fica a 65km abaixo da superfície terrestre. O calor do centro do nosso planeta transforma a água em vapor, por ser uma energia limpa e inesgotável, e apesar de ser extremamente perspicaz é inviável devido aos altos custos.

Energia de Biomassa

É a energia gerada pela queima de materiais orgânicos como: lenha, cana-de-açúcar, algas, restos agrícolas, fezes de animais entre outros, sem falar em todas as vantagens da energia biomassa. Aqui no Brasil, a biomassa que mais usamos para gerar eletricidade é a cana-de-açúcar.

A biomassa é um dos projetos de energia limpa no Brasil, por exemplo, que podem ajudar a reduzir a dependência do Brasil de combustíveis fósseis, além de contribuir para a redução das emissões de gases de efeito estufa e ajudar a preservar o meio ambiente. 

Além disso, o uso dessas fontes de energia também pode impulsionar a economia brasileira, gerando novos empregos e atraindo investimentos para o setor energético.

Desafios enfrentados pelo Brasil na transição para uma matriz energética mais limpa

A transição da matriz energética é fundamental para melhorar a qualidade de vida das pessoas e diminuir os impactos da emissão de gases aceleradores do efeito estufa.

Porém, pode se mostrar um desafio da energia limpa, não por serem inviáveis, mas porque ainda existem problemas a serem solucionados, como:

  • A transição de matriz energética em um país requer investimentos em infraestrutura e tecnologia. Porém, o Brasil, apesar de estar saindo na frente nessa transição, ainda enfrenta desafios econômicos e políticos que dificultam o investimento necessário para mobilizar recursos;
  • A falta de uma infraestrutura adequadaé um desafio significativo para fazer essa transição para uma energia mais limpa, já que toda a rede energética do país é feita para o uso de combustíveis fóssil;
  • O Brasil ainda sofre desafios na elaboração de políticas e estratégias públicas consistentes para o desenvolvimento de fontes de energia renovável e sustentável;
  • A desigualdade social também é um desafio, apesar de você achar que não tem nada a ver uma coisa com a outra, infelizmente, tem. Se houver uma transição definitiva, é essencial que a população mais pobre também tenha acesso;
  • Conflitos ambientais que normalmente envolvem disputas sobre propriedade de terra, bem como a preocupação ambiental e cultural, são parte dos conflitos ambientais que desaceleram a transição para a energia limpa.

Com isso, já vemos o que ainda falta para que o Brasil se torne uma potência em produção e geração de energia limpa no mundo. 

Como a energia limpa pode ajudar a reduzir as emissões de gases de efeito estufa e ainda combater as mudanças climáticas

Que uma transição da matriz energética do Brasil precisa acontecer, não temos dúvidas, mesmo que os desafios da energia limpa pareçam grandes, mas não são tão grandes quanto os projetos de energia limpa no Brasil.

O uso dela pode ajudar a reduzir as emissões de gases do efeito estufa e combater as mudanças climáticas de várias maneiras. Isso pode acontecer devido à forma que essa energia é gerada, já de tipos de fontes de energia limpa e renovável que não emitem poluentes do efeito estufa.

Além disso, pode ajudar a reduzir a dependência de petróleo e recursos fósseis responsáveis pela grande parte das emissões de gases do efeito estufa. A transição para fontes de energia renováveis também pode ajudar a criar empregos no ramo sustentável e ainda estimular o crescimento econômico local e nacional.

Seja esperto e saia na frente de todos

Essa não é uma conversa para o futuro, os projetos de energia limpa no Brasil está acontecendo agora com base nas decisões que tomamos; e se quisermos andar por esse planeta por mais alguns milhões de anos, precisamos começar a mudança agora.

E você pode sair na frente de todos ao aderir na sua empresa uma fonte renovável e barata.

Saiba mais sobre energia solar por assinatura. Sem instalar painéis solares, sem obras, sem investimento. A Sunne cuida de tudo por você