Logotipo Original Sunne
Homem jovem sorrindo para artigo sobre Como funciona a compensação de créditos de energia solar

Entenda como funciona a compensação de créditos de energia solar

O termo “créditos de energia solar” já deve ter surgido nas suas pesquisas sobre o mercado de energia no país, certo? Mas, já parou para pensar como eles funcionam e, principalmente, o que são?

No Brasil o mercado de energia solar é regido pela Lei 14.300/22, onde registra o Marco Legal da Geração Distribuída de energia, consolidando as regras do setor, incluindo a compensação de créditos energia solar, através da Resolução Normativa 1.059/2023 da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL).

Com a regulamentação da energia solar e com os juros em queda, anima o financiamento em energia solar que teve um aumento em 2022 de quase 80%, segundo estudo da consultoria Clean Energy Latin America (CELA).

A compensação de créditos de energia solar é uma alternativa que várias empresas estão aproveitando para obterem mais economia. Então, se quer saber como funciona o sistema de compensação e entender melhor o que são créditos de energia solar, continue a leitura que vamos esclarecer suas dúvidas.

O que é compensação de créditos de energia solar?

A compensação de créditos de energia solar é um sistema que permite que os proprietários de sistemas de energia solar possam gerar sua própria eletricidade a partir da energia solar e, em seguida, usar essa eletricidade para alimentar casas ou empresas. 

E isso acontece quando o sistema de energia solar produz mais eletricidade do que é necessário, o excesso é enviado de volta para a rede elétrica e o proprietário do sistema recebe crédito para energia solar. 

Esses créditos podem ser usados para compensar a eletricidade consumida da rede elétrica quando o sistema solar não está produzindo energia suficiente, como durante a noite ou em dias nublados.

O sistema de compensação de créditos de energia solar é uma forma de incentivar a adoção de energia solar e reduzir a dependência de fontes de energia não renováveis. 

Além disso, a compensação de energia solar pode ajudar a reduzir a conta de eletricidade do proprietário do sistema, uma vez que a eletricidade gerada pelo sistema solar é usada primeiro antes de recorrer à rede elétrica.

Como funciona a compensação de créditos de energia solar?

Como falamos, a compensação de energia solar funciona quando o sistema de energia solar produz mais eletricidade do que é necessário, certo? 

Pois bem, esse excesso gerado é enviado de volta para a rede elétrica e o proprietário do sistema recebe créditos de energia solar.

E esses créditos podem ser usados para compensar a eletricidade consumida da rede elétrica quando o sistema solar não está produzindo energia suficiente, como durante a noite ou em dias nublados.

Por exemplo, se um proprietário de um sistema de energia solar produzir 100 kWh de eletricidade em um dia, mas só consumir 50 kWh, os 50 kWh restantes serão enviados de volta para a rede elétrica e o proprietário do sistema receberá uma compensação de créditos energia solar  equivalentes a 50 kWh.

Então, quando o sistema solar não estiver produzindo energia suficiente, como durante a noite ou em dias nublados, o proprietário do sistema poderá usar esses créditos para compensar a eletricidade consumida da rede elétrica.

Como funciona o abatimento da energia solar na conta?

Agora que entende o conceito do sistema de compensação, vamos partir para a dúvida mais comum: como funciona o abatimento?

Os créditos gerados podem ser usados para compensar a eletricidade consumida da rede elétrica quando o sistema solar não está produzindo energia suficiente e geralmente, os créditos de energia solar são aplicados diretamente na conta de luz do proprietário do sistema. 

Por exemplo, quando a eletricidade gerada pelo sistema solar é usada para alimentar a propriedade, a conta de luz reflete apenas a diferença entre a eletricidade consumida da rede elétrica e a eletricidade gerada pelo sistema solar. 

Portanto, se o sistema solar gerar mais eletricidade do que é necessário para alimentar a propriedade, o excesso é enviado de volta para a rede elétrica e o proprietário do sistema recebe a compensação de créditos energia solar que podem ser usados para compensar a eletricidade consumida da rede elétrica.

Logo, o abatimento da energia solar na conta de luz pode variar conforme as regulamentações locais e a estrutura tarifária da empresa de energia elétrica. 

Em alguns casos, os créditos de energia solar podem expirar após 60 meses de geração, enquanto em outros casos, os créditos podem ser transferidos para outros proprietários de imóveis, ou seja, o aluguel de energia solar ou assinatura de energia.

Quais são as regras da compensação de créditos de energia solar?

As regras da compensação de créditos de energia solar podem variar, mas aqui estão algumas das regras mais comuns que se aplicam em muitos lugares:

1. Sistema de energia solar conectado à rede elétrica

Para ser elegível para a compensação de créditos de energia solar, o sistema de energia solar deve estar conectado à rede elétrica.

Isso permite que o excesso de eletricidade gerado pelo sistema solar seja enviado de volta para a rede elétrica para que o proprietário do sistema receba créditos de energia solar.

2. Medição bidirecional

Para calcular a quantidade de eletricidade gerada pelo sistema solar e a quantidade de eletricidade consumida da rede elétrica, é necessário ter um medidor bidirecional instalado. Esse medidor registra a quantidade de eletricidade que flui para dentro e para fora do sistema de energia solar.

3. Créditos de energia solar

Quando o sistema de energia solar produz mais eletricidade do que é necessário, o excesso é enviado de volta para a rede elétrica e o proprietário do sistema recebe uma compensação de créditos energia solar.

Esses créditos podem ser usados para compensar a eletricidade consumida da rede elétrica quando o sistema solar não está produzindo energia suficiente.

4. Regulamentações locais

As regras e regulamentos para a compensação de créditos de energia solar podem variar de acordo com a região e o país. 

Em alguns lugares, os créditos de energia solar podem expirar após um determinado período, enquanto em outros lugares, os créditos podem ser transferidos para outros proprietários de imóveis. 

É recomendável que os proprietários de sistemas de energia solar consultem as regulamentações locais para entender completamente como funciona a compensação de créditos de energia solar em sua área.

5. Limite de tamanho do sistema

Em alguns lugares, pode haver um limite máximo para o tamanho do sistema de energia solar que é elegível para a compensação de créditos de energia solar.

Isso pode ser determinado pela capacidade da rede elétrica local para lidar com a eletricidade gerada pelo sistema solar.

6. Tarifas de energia elétrica

Em alguns lugares, as tarifas de energia elétrica podem ser mais altas durante o dia, quando a demanda por eletricidade é maior, e mais baixas durante a noite, quando a demanda é menor. 

Por isso, as tarifas de energia elétrica podem afetar a compensação de créditos de energia solar, na verdade, pode afetar a quantidade de créditos de energia solar que o consumidor recebe.

Por isso, é importante que os proprietários de sistemas de energia solar consultem as regulamentações locais e a empresa de energia elétrica para entender completamente as regras da compensação de créditos de energia solar em sua área.e

Obviamente que existe uma forma da sua empresa aproveitar os benefícios dos créditos de energia solar através da assinatura de energia solar, onde você pode alugar esses créditos e conseguir uma economia na conta de energia sem precisar instalar painéis solares.

Vantagens e desvantagens da compensação de créditos de energia solar

A compensação de créditos de energia solar tem várias vantagens e desvantagens que devem ser consideradas pelos proprietários de sistemas de energia solar. Aqui estão algumas das principais vantagens e desvantagens:

Vantagens da compensação de créditos de energia solar

  1. Pode ajudar a reduzir a conta de luz do proprietário do sistema, uma vez que a eletricidade gerada pelo sistema solar é usada primeiro antes de recorrer à rede elétrica;
  2. Economizar dinheiro a longo prazo, uma vez que o proprietário do sistema pode usar a eletricidade gerada pelo sistema solar em vez de comprar eletricidade da rede elétrica;
  3. É uma forma de incentivar a adoção de energia solar e reduzir a dependência de fontes de energia não renováveis;
  4. Os sistemas de energia solar são geralmente de baixa manutenção e podem durar décadas com pouca manutenção.

Desvantagens da compensação de créditos de energia solar

  1. O custo inicial de instalação de um sistema de energia solar pode ser alto, o que pode ser um obstáculo para alguns proprietários;
  2. A quantidade de eletricidade gerada pelo sistema solar depende do clima, o que significa que a produção de eletricidade pode ser reduzida em dias nublados ou durante a noite;
  3. As regras e regulamentos para a compensação de créditos de energia solar podem variar de acordo com a região e o país, o que pode tornar o processo mais complicado para alguns proprietários;
  4. Os sistemas de energia solar requerem espaço para a instalação de painéis solares, o que pode ser um problema para proprietários com espaço limitado;
  5. O retorno do investimento em um sistema de energia solar pode levar vários anos, o que pode ser um obstáculo para alguns proprietários.

É importante que os proprietários de sistemas de energia solar considerem cuidadosamente as vantagens e desvantagens da compensação de créditos de energia solar antes de decidir se é a opção certa para eles.

Sua empresa pode ter acesso à compensação de créditos energia solar com a assinatura de energia

A compensação de créditos de energia solar é uma ótima opção para quem deseja economizar na conta de luz sem precisar investir na instalação de painéis solares. 

Com essa modalidade, o consumidor gera sua própria energia solar e a utiliza para suprir o consumo de sua residência ou empresa. O excedente de energia é então convertido em créditos que podem ser utilizados para abater o consumo de energia da concessionária.

E como falamos, você não precisa ter um sistema solar fotovoltaico instalado. A Sunne é uma empresa que intermedia a relação entre usinas solares e clientes assinantes de energia solar por assinatura. 

Com a Sunne, você pode economizar na conta de luz sem precisar arcar com custos de instalação de painéis solares. 

O processo é feito 100% online, planos exclusivos para atender as necessidades da sua empresa, sem obras e sem precisar pagar mensalidade.

Se está interessado em economizar na conta de luz e quer conhecer mais sobre a energia solar, entre em contato com a Sunne. Acesse aqui e faça uma simulação para saber quanto você pode economizar com energia solar.

Energia solar sem precisar investir em painéis solares? Venha fazer parte do futuro da energia. Fale agora com um dos nossos consultores

A primeira Inteligência Artificial do setor de energia!

Descubra em primeira mão como essa plataforma irá revolucionar o setor e os seus resultados.